Você está aqui: Página Inicial / Fiscalização alerta sobre recrutamento e seleção de cargos privativos dos administradores e tecnólogos

Fiscalização alerta sobre recrutamento e seleção de cargos privativos dos administradores e tecnólogos

por gabriel publicado 02/10/2018 09h45, última modificação 02/10/2018 09h45

Dando continuidade na campanha de conscientização sobre a importância do registro profissional para atuar no mercado, o departamento de Fiscalização do Conselho Regional de Administração de Mato Grosso do Sul (CRA-MS) está fazendo, agora, o contato com as empresas, uma vez que órgãos públicos e o terceiro setor já foram comunicados sobre o recrutamento e seleção de pessoas para atuar nas áreas privativas da administração.

De acordo com a administradora-fiscal do CRA-MS, Adm. Aline Hitomi, “o objetivo é informar, esclarecer e deixar bem explicado que a contratação de mão de obra para atuar em determinadas funções privativas do administrador e tecnólogo, precisa exigir o registro profissional do contratado junto ao Conselho”, ressalta a gestora.

Ainda de acordo com ela, o contato com aqueles que geram oportunidades de trabalho e negócios aos profissionais de administração, é no sentido de colocar o CRA-MS a disposição para ter no mercado somente profissionais com registro. “No ofício que estamos enviando, explicamos sobre a legislação vigente, um resumo das atividades desenvolvidas pelos gestores, para que o empregador saiba mais claramente sobre as funções privativas e informamos os contatos diretos da Fiscalização do CRA-MS”, diz a fiscal Aline Hitomi, deixando explicado que caso o profissional que vá atuar na área não tenha o devido registro, o Conselho acompanha o mesmo junto ao departamento de Registro.

Para o diretor de Fiscalização e Registro do CRA-MS, Adm. Márcio Laabs, “não há segredo no mercado profissional. Para atuar nas áreas privativas da Administração, é preciso ter o registro emitido pelo Conselho. Está previsto na legislação e o CRA vai intensificar a sua fiscalização, uma vez que exercício ilegal da profissão é crime previsto na legislação brasileira. Queremos preservar o mercado para que tenhamos somente profissionais de verdade atuando e contribuindo com o desenvolvimento de empresas, instituições e órgãos públicos. É assim que cresce”, diz Laabs.

Contato

Saiba mais detalhes sobre a fiscalização e o registro profissional. Em caso de exercício ilegal da profissão, denuncie ao CRA-MS. O site é www.crams.org.br e o telefone é (67) 3316-0300. O e-mail da Fiscalização é fiscalizacao@crams.org.br. O e-mail do Registro é registro@crams.org.br.

Confira abaixo as áreas privativas dos profissionais de administração (administradores e tecnólogos):

 

registrado em: ,
Publicações